Arquivo do mês: junho 2010

No ar…Rádio Cabeça!

Sabe quando você acorda / amanhece / passa o dia com uma música na cabeça?

(E às vezes, alguma bem esdrúxula, talvez até uma que você não gosta, na verdade…)

Enfim. Essa série é isso. Nada a ver com músicas-cabeça, profundas, de grandes nomes, relevantes, ou mesmo históricas.

Só músicas que passam pela minha cabeça. Simples assim.

Às vezes com explicação, às vezes não.

Eu queria postar o clip original aqui, mas deu aquele “erro” do Youtube, de que a URL é inválida, blábláblá, que você não pode copiar o vídeo, blábláblá…

Será que os caras acham MESMO que alguém vai baixar vídeos, copiar em DVDs, ganhar uma puta grana na barraquinha da feira, e destruir a indústria fonográfica? Pfffff…

Enfim. Fica o link, mesmo.

http://www.youtube.com/watch?v=vSHz5X_Ghvk

Ah, é!

Capital Inicial – Música Urbana

Aumente o som. Aporrinhe os vizinhos. Divirta-se!

E que a indústria fonográfica morra. 🙂

Anúncios

Nariz gelado

Continuando a ridiculamente pequena série Coisas-que-gosto-aqui (tá, tá, tá! O nome é ruim, não vende, mas não consegui pensar em nada melhor. Ainda. Vou chamar do quê? Coisinhas???)… o assunto hoje é a população quadrúpede da cidade.

Não me refiro aos quadrúpedes de balcão, de repartição, sentados ao volante, ou mesmo àqueles que brandem seus diplomas em praça pública, enganando a si mesmos, julgando-se menos imbecis. Não, não e não.

Estou falando de outros quadrúpedes. Peludos, com rabo e focinho gelado.

Tranquilos.

Curiosos.

Fujões.

Preguiçosos.

Praticamente todos os dias vejo um deles; essa galerinha dá um colorido especial às ruas dessa cidade,  sempre simpáticos, mesmo à distância.

Adoro esses caras. A vida seria bem mais sem-graça se eles não existissem.

O Maravilhoso Mundo do Varejo

Momento clichê: A estupidez humana (definitivamente) não tem limites.

Dica do Pablo.

Drops

(Imagem aleatória, sem nada a ver com o peixe.)

  • Sapeando blogs alheios, reparo como é legal quando as pessoas elaboram um pensamento articulado sobre seu cotidiano, e conseguem pôr isso no papel (papel ?!).
  • Twitter, Facebook, Lindink (é isso?). Tenho os dois primeiros, recebi convite para o último. Não vejo utilidade para essas merdas. Não adianta. Sei lá.
  • Pensamento Recorrente: preciso de férias. 45 dias, pelo menos. Sol na cabeça, pé na areia…pôr o “célebro” de molho.
  • Pensamento Recorrente (2): quero vou parar de fumar. Saco cheio disso.
  • (Ainda) Me espanta como algumas pessoas tratam a falta de finalidade na vida como uma finalidade em si.
  • Ontem foi Dia do Porteiro (na verdade, esse post era para ter sido publicado ontem…mas aí…enfim, deixa pra lá.)! Bacana! (Hmm. Acho que nunca vi nenhum aqui na roça. Estranho.) De qualquer forma, Parabéns a todos vocês, que ficam aí na guarita todos os dias, aturando gente grossa e burra, moleques mimados e remelentos, recebendo nossas correspondências e recados, e guardando nossos apartamentos (apesar de que no meu prédio não tem porteiro. Enfim.)