Arquivo da tag: Drops

Clips

– Um (escreva sua ofensa preferida aqui) me pede para colocar “uma música de Papai” como fundo em um comercial de rádio. Se fosse meu pai, seria Maysa. Se fosse eu o Papai, colocaria Ramones. Que catso é uma “música de Papai” ??? Pfff…

– Vontade do dia acabar logo e ir para casa brincar com minhas cachorras. Só isso. Danem-se as contas, as coisas a consertar, os incêndios, as urgências, o fulano-disse-isso-e-eu-falei-aquilo, e aquela montanha intransponível de etecéteras. Só ficar sentado observando-as, e afagando suas cabecinhas.

– Não, eu não larguei o blog. Ponto. Mais e melhores explicações outro dia, quando a poeira baixar e a raiva passar.

– Frase bem legal que li em um blog hoje: “Ainda bem que eu já fiz as pazes com minhas limitações.” Me deu o que pensar.

– Não negocio com terroristas. Chega.

Drops

(Imagem aleatória, sem nada a ver com o peixe.)

  • Sapeando blogs alheios, reparo como é legal quando as pessoas elaboram um pensamento articulado sobre seu cotidiano, e conseguem pôr isso no papel (papel ?!).
  • Twitter, Facebook, Lindink (é isso?). Tenho os dois primeiros, recebi convite para o último. Não vejo utilidade para essas merdas. Não adianta. Sei lá.
  • Pensamento Recorrente: preciso de férias. 45 dias, pelo menos. Sol na cabeça, pé na areia…pôr o “célebro” de molho.
  • Pensamento Recorrente (2): quero vou parar de fumar. Saco cheio disso.
  • (Ainda) Me espanta como algumas pessoas tratam a falta de finalidade na vida como uma finalidade em si.
  • Ontem foi Dia do Porteiro (na verdade, esse post era para ter sido publicado ontem…mas aí…enfim, deixa pra lá.)! Bacana! (Hmm. Acho que nunca vi nenhum aqui na roça. Estranho.) De qualquer forma, Parabéns a todos vocês, que ficam aí na guarita todos os dias, aturando gente grossa e burra, moleques mimados e remelentos, recebendo nossas correspondências e recados, e guardando nossos apartamentos (apesar de que no meu prédio não tem porteiro. Enfim.)